Cinco lobos (3 dos quais lobitos felinos) decidiram mudar de país em busca de novos sonhos. Uma nova aventura do Centro de Portugal para o Centro da Suiça. Já regressámos a Portugal e agora a história conta-se por cá
17.5.09

Demiti-me do meu trabalho, ontem. Eu estava a gostar do trabalho, já tinha feito amizades com os colegas e a língua italiana estava a fluir muito bem. Até aqui tudo bem não fosse o caso de me aparecer uma chefe (quer dizer subchefe) que me fez a vida negra nos últimos dias. Falava para mim como se eu fosse…digamos…a sua pior inimiga. Sempre a bufar, sempre a resmungar e tentou, ainda, roçar no gritar comigo. Mau, mau, mau mas estamos a brincar ou quê? Ao que parece ela não gosta de portugueses assumidamente, portanto é assumidamente xenófoba. Agora a questão é: Vem uma pessoa trabalhar para outro país e leva com uma pseudochefe que não gosta dos tugas? De nenhum? Isso é possível????

É óbvio que eu não ia ficar permanentemente a levar com uma pessoa que deve ter sérios problemas na cabeça. Que estas pessoas existam na mundo e que até tenham cargos de chefia eu até compreendo agora que existam portugueses a baixarem a cabeça e a levantarem o rabo (perdoem-me a expressão) é que eu não entendo. Sim porque a atitude que a dita senhora tinha comigo também tinha com os outros portugueses que la trabalham e que mantêm a postura de que “temos de nos sujeitar porque precisamos de trabalhar…”, ou “fazemos de conta que não ouvimos” ou ainda, “não ligues porque ela é assim com todos os portugueses”. Eh! Calma aí! Nós estamos assim tão necessitados que não nos respeitamos? Estamos tão necessitados que não nos importamos de ser mal tratados, achincalhados e desprezados? Se no meu país nunca admiti determinadas atitudes porque iria admiti-lo aqui? Independentemente da necessidade eu nunca irei baixar a cabeça para ninguem. Dizem que é por eu ser escorpião, eu acho que é por me respeitar….Se perdermos o nosso amor-próprio e a nossa auto-estima fica a sobrar muito pouco para contar a história…

 

 

link do postPor acaminhadadoslobos, às 13:57  comentar

De Luísa Ribas a 18 de Maio de 2009 às 08:57
Ora aqui está um post à maneira. É assim mesmo que se fala...quem não se sente, não é filho de boa gente.

Eu por acaso não tenho queixa, durante os 3 anos que trabalhei na Suiça Fribourg ), fui sempre muito bem tratada por colegas e chefes, mas conheço casos de maus tratos, que são escondidos, calados....mas por alma de quem?

Infelizmente às vezes aparecem pela frente, pessoas que não respeitam o outro...não deixemos que isso aconteça!
Desejo-lhe muita sorte e força para encontrar outro lugar onde se possa realizar profissionalmente.

1 Bj* *
Luísa


De acaminhadadoslobos a 25 de Maio de 2009 às 14:14
Ola Luisa. Realmente esta realidade nao e muito divulgada pelos nossos emigrantes. Eu continuo a defender que a nossa integridade e respeito estao em primeiro lugar. Sobre esta questao da demissao houve uma total reviravolta que eu irei contar no proximo post.
Um beijo do tamanho do mundo

Loba
Meez 3D avatar avatars games
Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30

31


blogs SAPO